23 de abr de 2011

A vida

Desde o inicio de nossas vidas, somos empurrados para pequenas fôrmas,ninguém nos pergunta como gostaríamos de ser. Na escola eles nos ensinam o que pensar, mas todos dizem coisas diferentes e estão todos convencidos de que estão certos. Então eles continuam falando e nunca param, e a certa altura você desiste, e a única coisa que restou para pensar é essa: "Eu quero sair e viver minha vida sozinho! Eu quero sair - me deixe ser livre! Eu quero sair - e fazer coisas do meu jeito". As pessoas me dizem A e B, elas dizem como eu devo ver as coisas que já me são claras, então me empurram de um lado para o outro... Eles me levam de um lado extremo ao outro, me empurram até que não haja nada para ouvir. Mas não me abusem demais...Calem a boca e saiam daqui! porque eu decido de que jeito as coisas vão ser! Há um milhão de jeitos de ver as coisas na vida, um milhão de jeitos de ser um idiota. No final, nenhum de nós está certo, as vezes nós precisamos ficar sozinhos, não precisamos de opiniões alheias para sobreviver.

Nenhum comentário: